Presente: passado e futuro - FIDS

Presente: passado e futuro

  01, Dec, 2018

  1 Comentário

Por Cleide Vilela – Círculo na lua, lama na rua  foi o primeiro texto de teatro de Denise Stoklos, escrito em 1968, quando ela tinha apenas 18 anos. Uma metáfora da “desarmonia” provocada pela ditadura por meio de uma narrativa porética sobre violinos desafinados, vendidos numa cidade pequena.

A leitura do texto foi feito pela própria Denise Stoklos no FIDS. Ambiente de muita ternura. Talvez, pela performer-educadora começar a leitura já se colocando num lugar de fragilidade. Afinal, aos 18 anos somos ingênuos e inocentes como ela mesmo afirma.  

Sua generosidade esteve presente do começo ao fim. Tanto consigo mesma quanto conosco, aprendedores do teatro essencial. Após a leitura, sublinhou a importância de José Maria Orreda (in memoriam), professor e animador cultural de Irati. O encontro com Orreda parece ter sido muito importante para o desenvolvimento da carreira de Denise Stoklos, sendo o editor de seu primeiro livro. “O que não se publica, não existe” dizia o professor para a menina de 18 anos.

Dicas da atriz para lograr 50 anos de carreira: dedicação, ponto de vista político, olhar estético, perseverança e não vaidade.

1 comentário

commenter

denisestoklos@gmail.com

3 years ago

Cleide! seus textos são grandiosos! eu os vejo assim. a maneira como você discorre sobre meu contato com minha gênesis teatral é tão positiva, tão amorosa, recebida de braços tão abertos e aplaudida, que fico feliz como se estivesse acontecendo na minha estréia de há 50 anos! e feliz agora, pelo acreditar no comprometimento de seguir. você trata toda essa história com carinho mas com um toque de reconhecimento do que seja o andar, trilhar, reinventar diário. Gostei, muito! Agradeço! congratulo pela qualidade do texto, capacidade de afeto, e conhecimento do que seja estrada. Vamos em frente! Beijos, denise

Comentários estão fechados.