Jovens, envelheçam! (por Teresa Costalima) - FIDS

Jovens, envelheçam! (por Teresa Costalima)

  03, May, 2022

  1 Comentário

Estava embevecida com o prólogo, não um espetáculo, uma cena, mas um prólogo de quase fotos, quase retrospectiva, imagens soltas de um passado longe. Ela desde sempre, ela. Andrógina e atemporal. Pintura e escultura em músculos e cabelos. Máscaras e caixa. Vísceras. Plena. Uma obra de Andy Wahol, Denise multiplicada. E reconheço traços desse passado, eu também passei em plateias ao longo dos anos. Já o prólogo valeu toda uma revisão. Segue. Cena. Vendo gritos e palavras. Cortazar. Já tinha visto trechos. Outra experiencia é ver seguido. Segue. Sigo. Reflito sobre o tempo. Não sei por quê. Talvez que o tempo tenha se feito tão presente em mim. Pinço frases que me dizem. “Quando te dão um relógio, te dão o tempo que passou”. Vou a Cortazar. Tanta frase boa! Se eu teria escolhido as mesmas… Se me interessaria em dar corda ao relógio… Penso nas perspectivas “– Você é o presente no dia do aniversário do relógio.” E conhecer a América Latina tem me encantado. Leio Cortazar pela primeira vez. E mais um escritor me aninha em meu relógio-coração. Meu relógio bate em compassos de afeto. É isso: relógio-coração. Bate assim: amor-amor-amor-amor…. Por isso sei que amo as coisas que dão corda ao meu relógio-coração. Amo a cena do jazz. Talvez porque ame jazz. Talvez porque eu mesma seja jazz. Muito aprecio cena do bailado com a luz. Que par de dança! Luz e pernas. Luz e braços. Luz e sombras. Vejo aí uma depuração que me encanta, um tango (talvez) de “flesh and light”. Pinço mais. De repente ouço “Jovens envelheçam”, se não me engano Nelson e não contenho uma gargalhada. Amo Nelson. É isso! Depurar até o epílogo.

1 comentário

commenter

Alessandra

3 months ago

aula maravilhosa! Teresa Costalima é uma coladora profissional. Seu estilo de criação acalma a mente e aquece o coração. Gratidão!!!

Comentários estão fechados.